[ editar artigo]

OKRs para internacionalização

OKRs para internacionalização

Como utilizar os OKRs (Objectives and Key Results) para internacionalizar a sua empresa? 

Escalar globalmente demanda ambição, disposição para correr riscos, descobrir algo novo, de desbravar o desconhecido. Objetivos ambiciosos e mentalidade global, essa é uma visão intrínseca de vários empreendedores ao redor do mundo, mas não é o caso da maioria dos empresários brasileiros.

Na Alemanha, por exemplo, inclusive pequenas e médias empresas são internacionais, as chamadas Hidden Champions ou Campeãs Ocultas (nomenclatura criada pelo Prof. Hermann Simon). Apesar de seu tamanho, essas empresas ocupam posições de liderança internacional, ao adotarem estratégia de liderança de nicho e produzirem produtos e serviços altamente especializados comercializados internacionalmente. Se distinguem de outras SMEs inovadoras devido à sua orientação global. De acordo com o Instituto Fraunhofer, em 2013, a Alemanha tinha cerca de 1500 empresas que atendiam aos critérios do Hidden Champions, 62% das quais atuam no setor de alta tecnologia.

Importante característica dessas organizações é a ambição, nenhuma delas nasceu grande ou com presença internacional relevante, mas, desde o princípio, possuíam esse objetivo bem definido. Quando as empresas alemãs investem no exterior, seu foco principal é a expansão dos negócios. De acordo com KfW - Foreign Investment Monitor - 80% das empresas atribuem grande importância para a abertura de novos mercados.

Falta essa visão aos empresários brasileiros, já falei sobre isso em outros posts. Como vivemos em um país de dimensões continentais, é fácil cairmos na armadilha de uma demanda interna grande e focarmos somente no mercado local.  Aos poucos, isso está mudando, no entanto, falta muito para termos uma presença relevante no mercado internacional.

Olhar para o mercado externo pode parecer um grande desafio e, de fato, é. Mas como diria Jack, vamos por partes. O objetivo pode ser ambicioso, mas para chegar até lá, os passos podem ser pequenos e simples. Até porque, não basta ter grandes sonhos, é preciso traçar uma estratégia para alcança-los, além de maneiras efetivas de acompanhar os resultados.

OKRs - "Objectives and Key Results" do Google 

A estratégia de OKRs utilizada pela Google e por diversas empresas no mundo, é, na minha opinião, a melhor forma de traçar objetivos e organizar as estratégias para alcança-los. Difere de outros métodos de definição de metas, principalmente por focar em objetivos ambiciosos. Os OKRs permitem que as equipes se concentrem em grandes desafios e realizem mais do que achavam ser possível, ou seja, a saírem de suas zonas de conforto. Isso é feito de propósito, justamente para “tirar o máximo” da equipe, pois, ao mirar alto, até mesmo metas fracassadas podem resultar em avanços substanciais.

As duas principais questões a serem respondidas antes de implementar essa estratégia são:

  1. Aonde a sua empresa deseja chegar? A partir dessa resposta, será possível traçar o principal objetivo.
  2. Como vou avaliar para ver se estou chegando lá? A partir dessa resposta será possível traçar os milestones e resultados chave.

Características dos OKR’s:

  • Os objetivos devem ser ambiciosos;
  • Os principais resultados são mensuráveis ​​e devem ser fáceis de classificar em números;
  • Os OKRs são públicos para toda a organização. A transparência é essencial;
  • O ponto ideal de atingimento de um OKR é 60% - 70%; se alguém atingir de forma sistêmica seus objetivos, significa que os OKRs não são suficientemente ambiciosos;
  • OKRs não são sinônimos de avaliações de funcionários;
  • OKRs não são uma lista de tarefas a serem cumpridas;

Benefícios dos OKRs:

  • Incentivar a comunicação dentro da organização. A partir do momento que os objetivos forem traçados, é essencial comunicar a todos para que saibam qual direção a organização está caminhando;
  • Aumenta o engajamento da equipe. A transparência permite que a equipe alinhe seus objetivos pessoais com aqueles da organização. Quando os objetivos são comunicados de forma clara, torna-se mais fácil engajar, permite que todos alinhem suas expectativas com as da empresa;
  • Priorizar projetos. Importante benefício de delimitar objetivos é saber quando dizer não. Metas claras norteiam prioridades, assim, a decisão de não realizar um projeto passa a ser pautada pela racionalidade e não "no chute".

Ok, mas você deve estar se perguntando, como posso implementar os OKRs na minha organização? No próximo post, vou mostrar algumas estratégias para colocá-los em prática.

HAG.Community
Giovanna Colin Zeny
Giovanna Colin Zeny Seguir

“Mudam-se os tempos, mudam-se as vontades. Muda-se o ser, muda-se a confiança; Todo o mundo é composto de mudança, Tomando sempre novas qualidades” Luís Vaz de Camões

Ler matéria completa
Indicados para você